Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

Refletindo sobre competição e a 'puxada de tapete'

Recebi esse texto via e-mail do palestrante Marcio Kühne com o título de "Construindo ou desconstruindo?"e decidi compartilhar na íntegra no blog. O que pensei? Realmente o que o texto diz é uma verdade. Que fique a lição para quem lida com pessoas e como seria sadio as relações entre elas, diante das competições. "A COMPETIÇÃO desperta o que há de melhor nos produtos. E o que há de pior nas pessoas", disse o empresário americano David Sarnoff. O ex-presidente de uma grande empresa, Sergio Chaia, confessa ter sido um profissional muito competitivo que, no início da carreira, costumava guardar informações com receio de que alguém pudesse puxar seu tapete. Após uma ascensão meteórica, confessa, veio uma crise, causada por episódios pouco agradáveis vivenciados com a equipe. "Comecei a refletir se eu estava construindo algo positivo, principalmente, com meus colegas de trabalho. Então, conheci o budismo e a famosa meditação da morte pela qual você se projeta como …

ESTACIONADOS NA ARROGÂNCIA

"Um dos problemas das grandes cidades, e até das pequenas, é encontrar lugar para estacionar. Uma vaga livre, hoje, é um bilhete premiado. Imagino que você, que dirige, concorde com isso. E deve ficar, como eu, indignado com motoristas que não dão a mínima para as linhas amarelas que delimitam o espaço para os automóveis nos estacionamentos de shoppings e demais áreas comerciais.

Sei que o assunto não é relevante, mas você entenderia se fosse colunista de jornal há quase 20 anos e tivesse a impressão de já ter escrito sobre tudo. Aliás, creio que até já mencionei o desrespeito às linhas sinalizadoras amarelas, mas voltarei ao assunto: escrever é se repetir.

Então lá vem o piloto, com pressa. O estacionamento está quase vazio, há várias vagas ainda disponíveis. Ele nem titubeia: imbica o carro de qualquer jeito, sem reparar que avançou em cima da faixa amarela, impossibilitando que outro motorista estacione a seu lado. Ele está ocupando duas vagas e não se importa, pois não enxerg…

“O AMOR E SUAS (IM)PERFEIÇÕES:

"Respirar Suspirar Sussurrar Respingar.
Calafrios em te ver Desejo em te ter Sorrir ao te ver Tremer, gemer.
Saudade que aperta Alegria que desperta Coração que acelera Teu cheiro, teu beijo, tua pele.
Não tem isso de Cinderela De Romeu e Julieta Nem A Bela e a Fera Nem Meu Príncipe e nem Minha Princesa.
Colore nossa pele Rosa, roxo e vermelho Timidez, raiva e medo Os amores imperfeitos.
Atiça Excita Explicita E se vai”.

                                Jardson Alves Lemos

Médico português, 1ª vítima do Mais Médicos.

Imagem
Dr. Manoel, médico português, após sua primeira consulta no Brasil, está impossibilitado de falar, além de estar com amnésia. 

De acordo testemunhas que estavam no Posto de Saúde do Alto José do Pinho no bairro de Casa Amarela, Recife, tudo começou por culpa do Dr. Manoel. 

Abaixo, segue o relato da ocorrência:

Ao chegar no Posto de Saúde,Dr. Manoel cuidou logo de se posicionar na sua mesa e começou a consultar os pacientes:

A primeira, uma Jovem Mulher acompanhando seu filho de cinco anos.

Dr. "Manoel" pergunta:

- "Rapariga", quem está doente, você ou este Puto?

A mulher responde:

- "Rapariga" é a puta que te pariu e meu filho não é puto, seu portuga viado!

O Dr.Manoel, assustado com a reação da paciente, fala:

-Pois..pois..então vá para trás desta "Bicha",apontando para "Zé Tripé",um Negão de 2 metros de altura por 1,5 de largura, onde vamos lhe aplicar uma "Pica"!

Isso foi o suficiente.

Daí pra frente, Dr. Manoel perdeu as duas bolas …